Novas receitas

Onde encontrar a melhor comida italiana em Boston

Onde encontrar a melhor comida italiana em Boston


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

No Boston, quando as pessoas anseiam pela culinária italiana, suas mentes vão automaticamente para as ruas agitadas e festivas de The North End, onde a Nova Inglaterra encontra a Little Italy. No entanto, muitos dos melhores restaurantes italianos também estão localizados longe de Hanover e da Salem Street.

1. Erbaluce

Escondida entre as ruas tortuosas de Bay Village desde 2008, no limite da fronteira de Back Bay / South End está uma das joias italianas de Boston. Erbaluce, chefiado pelo chef Charles Draghi, apresenta um menu que muda todas as noites para refletir os ingredientes mais sazonais. Tudo é feito na casa, desde deliciosas massas e lindos risotos. A cozinha é italiana simples, nada ostentosa, cada ingrediente sendo usado com propósito e propósito.

2. Trattoria di Monica

Esta joia está realmente localizada no North End, mas fora da rua principal de Hanover. Acomode-se neste pequeno local para os pratos especiais da noite e não saia sem um ou dois dos seus pratos de massa. Qualquer aperitivo sazonal ou buratta é uma boa maneira de começar.

Nhoque na Trattoria di Monica (crédito: Trattoria di Monica)

3. Coppa

Da famosa dupla Ken Oringer e Jamie Bisonnette, você pode saborear pequenos pratos italianos em um canto tranquilo no South End. Para almoço e jantar durante a semana e brunch aos sábados e domingos, pratos clássicos italianos são acentuados com algumas das inspirações culinárias do Chef Jamie de todo o mundo. A pizza de pescador siciliano, a massa orecchiette com salsicha de frango e a burrata local são pedidos consistentes. Experimente algo mais aventureiro como suas tripas e caracóis ou ossos e rabos de porco assados ​​no forno a lenha.

4. Carmen

Outra joia da rua Hanover, no North End, é o Carmen Restaurant. Pequeno, mas eficiente, você tem que andar pela cozinha para chegar ao banheiro. O cioppino é um dos melhores da região e, se eles tivessem florzinhas zuchinni fritas como especial, não hesite.

5. Sportello

No próspero bairro de Fort Point, em Boston, você encontrará o império de restaurantes finos e o restaurante Sportello da chef Barbara Lynch. Com sua padaria que virou bar de vinhos, você pode experimentar tudo da Itália aqui. Certifique-se de pedir o strozzapreti de coelho - é sem dúvida um dos principais pratos de massa em Boston.

6. Rialto

Outro deleite italiano maravilhoso, novamente escondido da maior parte do tráfego de pedestres, é o chef Jody Adam’s Rialto, vencedor do prêmio James Beard. Dentro do Charles River Hotel, o menu do Rialto destaca a cozinha regional italiana, mudando a cada dois meses para se concentrar em uma área diferente. Os pratos de marisco são maravilhosamente preparados e destaques definitivos, tal como a extensa carta de vinhos, com uma reconfortante oferta de vinhas italianas… e não saia sem um copo de grappa para finalizar o que será uma refeição deliciosa. Com bom tempo, peça um assento ao ar livre em sua linda varanda.

Cheesecake de chocolate no Rialto (crédito: Rialto)

7. Toscano

Com dois locais em Boston, o Toscano é uma opção sólida para jantar italiano. Originalmente na Charles Street em Beacon Hill, Toscano abriu um segundo local na Harvard Square. Este último tem um toque italiano clássico maravilhoso, com uma bela área de bar com grandes janelas que se abrem para a Brattle Street. Massas caseiras e frutos do mar frescos e saborosos são ótimas opções. No entanto, seus especiais noturnos costumam oferecer algo um pouco diferente, criado pela equipe de culinária.

8. Trattoria Toscano

Talvez o restaurante italiano mais escondido e negligenciado em Boston seja o Trattoria Toscano. Em uma pequena rua perto dos Fens, este é o tipo de lugar que você poderia facilmente tropeçar em um dia e perder no outro, o que é uma pena, considerando a autêntica experiência italiana que você terá aqui. Muito pequeno, com uma cozinha quase na própria sala de jantar, a comida aqui apresentada, juntamente com o serviço, é a quintessência italiana. Qualquer uma de suas massas é maravilhosa, e seu antepasto diário é o início perfeito para uma refeição. Quer faça a reserva para um grande jantar familiar ou deseje compartilhar este lugar especial com uma pessoa especial, você se sentirá transportado.

9. Bin 26 Enoteca

Nossa lista de locais italianos estaria incompleta sem um grito para a dupla de irmãos e irmãs Chef Azita Bina-Seibel e o bar de vinhos da rua Charles de Babak Bina. Com um pequeno cardápio elaborado para acompanhar sua forte carta de vinhos internacionais de 60 taças e 200 garrafas, este é o local ideal para passar horas desfrutando da companhia de amigos e familiares ao estilo italiano.

10. Posto

Uma instituição de Somerville desde 2009, Posto é a única Pizzaria Verace Pizza Napoletana (Certificada em Nápoles) da Nova Inglaterra. O que começou como uma clássica pizzaria napolitana no forno a lenha, se tornou muito mais com um menu completo e rotativo. Você pode esperar um novo menu e uma lista de vinhos maravilhosamente renovada, totalmente italiana. Uma refeição no Posto será confortável e casual, mas com a atenção aos detalhes encontrada na instituição gastronômica mais requintada de Boston. Esta é uma visita obrigatória… ou revisite!

Então, da próxima vez que você estiver no mercado por uma experiência italiana, saia da zona de conforto do North End ... valerá a pena!

Clique aqui para saber mais sobre Boston.


25 Italian Foods Your Nonna Fed You, Classificados

Ao adicionar seu e-mail, você concorda em receber atualizações sobre a Spoon University Healthier

Venho de uma família ítalo-americana em uma pequena cidade de Nova Jersey, onde a comida sempre foi idolatrada. Basta dar uma olhada na preparação da comida italiana e você verá o quanto realmente nos importamos com nossa herança. E se tivesse que haver apenas uma coisa boa que eu tirei da minha herança, é a apreciação de um italiano por ingredientes.

Crescer com esta cultura mediterrânea preparou-me para um futuro na alimentação. Todos na família ajudaram a preparar a refeição, seja virando o molho, empanando o frango ou cortando o pão. Dito isso, há muitos favoritos que eu cresci comendo e decidi que é hora de compartilhá-los. Então, aqui está a classificação definitiva de 25 alimentos italianos que sua Nonna lhe deu.

25. Frango Marsala

Foto cedida por Jefferyw no Flickr

O melhor da comida italiana é que quase tudo vem com molho. Neste prato reconfortante, cozinhamos suculentos pedaços de frango com vinho marsala e cogumelos para uma refeição farta (servida com massa, claro).

24. Fettuccine Alfredo

Foto cortesia de Stephen Depolo no Flickr

A melhor coisa sobre um molho Alfredo é sua versatilidade. Deixe como está ou acrescente alguns brócolis e camarão. Embora as origens deste prato sejam muitas vezes contestadas, este molho cremoso vai deixar você querendo mais.

23. Nhoque

Foto cortesia de Cooking etc. no Flickr

Não há nada como massa caseira, mas nhoque caseiro é um nível totalmente novo de incrível. Embora pareçam leves como travesseiros, essas massas fofas de batata precisam ser comidas em pequenas porções para evitar excessos. Mas às vezes (também conhecido como sempre), vale a pena o risco.

22. Frango francese

Foto cortesia de abc.go.com

Os italianos adoram limão. Eu não posso enfatizar isso o suficiente. Dito isso, não é surpresa que um de nossos pratos mais conhecidos tenha essa fruta cítrica como componente principal, mantendo a refeição leve e fresca (para compensar as cinco tigelas de massa que você comeu antes do prato principal).

21. Penne alla vodka

Foto cedida por dbgg1979 no Flickr

A vodka Penne alla é outro prato italiano popular americanizado. Mas quando é feito da maneira certa, não há realmente nada como uma tigela cheia. A pequena cidade de NJ leva este prato a um nível totalmente novo: pizza de vodka penne. É a melhor coisa que já comi. Você vai me agradecer mais tarde.

20. Cannoli

Cannoli são bons da padaria local, mas comê-los na hora na cozinha de Nonna é preferível. Dessa forma, você pode comer o recheio de ricota que sobrou em uma colher. Descubra como fazer a sua própria com esta receita.

19. Zuppa de Pesce

Foto cortesia de it.wikipedia.org

Zuppa de pesce (“sopa de peixe”) é um clássico da véspera de Natal. Amêijoas, mexilhões, lagosta, camarão, você escolhe, está lá. Derramamos essa sopa sobre o espaguete ou massa de cabelo de anjo por dois motivos. 1) Para absorver o caldo. 2) O que é uma refeição sem massa?

18. Zeppole

Foto cortesia de Ilares Riolfi no Flickr

A Zeppole está para a Itália como o bolo de funil está para a América. Tradicionalmente, este deleite frito é recheado com recheio de ricota ou creme e comido no dia de São José. No entanto, não precisa ser uma ocasião especial para consumir esses bolinhos.

17. Antipasto

Foto cortesia de commons.wikimedia.org

Antipasto significa "antes da refeição". É uma variedade de carnes curadas, queijos italianos, azeitonas marinadas, pimentões assados, pães diferentes e qualquer outra coisa que sua Nonna queira adicionar à mesa. Com muitas opções, é difícil não encontrar algo para comer.

16. Azeitonas

Se eu pudesse comer azeitonas e pão, eu comeria. Azeitonas fornecem azeite (também conhecido como ouro líquido), pão de oliva e muitos benefícios para a saúde. Eles também fazem você parecer um alienígena quando colocados na ponta dos dedos. Mas com toda a seriedade, essas pequenas formas ovais são minha coisa favorita para lanchar. Confira esta receita para uma maneira fácil e deliciosa de prepará-los.

15. Tortellini

O tortellini é a massa mais subestimada de todos os tempos. Podem ser servidos quentes ou frios, ao molho ou à sopa. Vê-los frescos bem na sua frente é a coisa mais legal de se ver. E eles são recheados com queijos. Preciso dizer mais? Se você está procurando um jantar rápido, confira esta receita de tortellini e espinafre.

14. Brócolis Rabe

Foto cortesia de Tom Ipri

O brócolis rabe é um excelente exemplo de como os italianos se preocupam com a comida. Embora seja apenas um acompanhamento, um italiano nunca se atreveria a servi-lo simples. Deve ser cozido e temperado com todos os ingredientes certos (alho, óleo, pimenta vermelha amassada) para estar pronto para a mesa.

13. Giambotta

Foto cortesia de wikimedia.com

Giambotta é cozinheira de tudo, come refeição de tudo. É um ensopado de vegetais com ingredientes como batata, abóbora, cebola, tomate, berinjela e cogumelos. É um remédio quente e saudável para uma noite fria de inverno e uma ótima coisa para Nonna cozinhar quando ela precisa esvaziar a geladeira.

12. Bolonhês

Quando você pensa em comida italiana, você pensa em molho à bolonhesa. É clássico, é simples e é tão bom quando Nonna cozinha todos os domingos. Não tenha medo de comer um pouco mais de molho do que macarrão, é perfeito para molhar o pão.

11. Lasanha

Foto cortesia de youtube.com

A lasanha é uma das melhores comidas italianas porque você pode fazer o que quiser com ela e ainda assim terá um gosto bom. Eu já vi isso feito com espinafre, cogumelos e até abóbora. Embora seja ótimo testar os limites deste prato, uma lasanha clássica com bolonhesa, ricota e mussarela é difícil de bater.

10. Queijo

Foto cortesia de wikipedia.com

Esta comida italiana nem precisa de explicação, então, em vez disso, vou listar alguns exemplos. Mozzarella, gorgonzola, asiago, parmigiano-reggiano, fontina, buratta e taleggio.

9. Berinjela à Parmigiana

Foto cortesia de wikipedia.com

Berinjela à parmegiana é muito semelhante à lasanha, imagine que não seja feita com macarrão e seja envolta em um molho diferente. Para a falta de carboidratos, fica ótimo entre duas fatias de panela italiana ou em cima de um linguine.

8. Biscoitos de Natal

Foto cortesia de wikipedia.com

Nada é melhor do que entrar na casa de Nonna em dezembro com o cheiro de biscoitos de natal no forno. Esses doces estão empilhados em pratos festivos, implorando para serem comidos. Os cookies incluem cookies de nó, cookies de arco-íris, cookies pignoli, biscotti, cookies de manteiga, macaroons, pizzelle e butterballs.

7. Costeletas de frango

Foto cortesia de wikipedia.com

Eu nem tenho palavras para descrever costeletas de frango. A simplicidade do item é provavelmente o que o torna tão especial. E quando os netos vão para a faculdade, não demora muito para que eles tenham ansiedade de separação das costeletas de frango de sua Nonna (ou sou só eu?).

6. Almôndegas

Foto cortesia de wikipedia.com

Muitas culturas têm almôndegas como prato principal, então não é surpresa que os italianos também o façam. O tamanho das almôndegas italianas depende de quantas pessoas Nonna está cozinhando, mas nunca vai faltar essas bolas de felicidade cobertas de marinara.

5. Pão

Foto cortesia de wikipedia.com

Pão é amor, pão é vida. É bom para o café da manhã, almoço, jantar e lanches no meio. Coma com azeitonas durante o antepasto ou limpe o prato com ela após o primeiro prato. Qualquer nonna sabe que não é uma refeição sem pão na mesa, e nenhum bom italiano se oporia.

4. Pizza

Foto cortesia de wikipedia.com

Eu sou um esnobe de pizza. Recuso-me a aceitar uma fatia medíocre e aprendi que pizza em qualquer lugar fora de Nova York / Nova Jersey simplesmente não é tão boa. E, por isso, posso pensar em minha Nonna por cozinhar tortas caseiras que me forçaram a definir meus padrões elevados.

3. Sopa

Foto cortesia de flickr.com

Sério, nunca subestime a capacidade de um italiano de fazer uma refeição inteira com o que quer que esteja na casa. A sopa de Nonna é a cura para tudo, seja o resfriado comum, o estresse da escola ou a simples e velha fome.

2. Salsicha e Pimentões

Foto cortesia de Flickr.com

Seja no Ano Novo ou em uma reunião de família, linguiça e pimentão está sempre no cardápio. Quer você coloque em um pãozinho ou coma como está, é difícil não amar este prato. E a melhor parte? Adicione as sobras de alguns ovos para um café da manhã fácil no dia seguinte.

1. Jantar de Domingo

Foto cortesia de flickr.com

Todo domingo é feriado quando você é italiano. É uma refeição que começa às 14h e termina às 20h. É um dia de entrega ao maior prazer da vida: comida. O jantar consiste em antepasto, massas, carnes, sobremesas e muito mais.

Classificar todas as minhas comidas favoritas foi realmente difícil de fazer, mas sei que era para o bem maior. Agora que você sabe o que você deve estar comendo o que você está esperando? Mangia!


Os melhores restaurantes de Boston

Encontre a melhor sopa, rolos de lagosta, churrasco e muito mais em Beantown.

Relacionado a:

Foto por: Morgan Ione Yeager

Frutos do mar: Select Oyster Bar

Em uma cidade repleta de restaurantes de frutos do mar, pode ser difícil para qualquer um se destacar, mas o Select Oyster Bar em Back Bay, inaugurado pelo chef-proprietário Michael Serpa em 2015, consegue fazer exatamente isso. Serpa, que ganhou ampla aclamação como chef executivo do Neptune Oyster no North End, opera um restaurante elegante e sexy, onde o foco está diretamente em frutos do mar frescos, não apenas na ostra que deu nome. Enquanto pratos como uma enorme salada de lagosta do Maine e saborosa bouillabaisse de frutos do mar são excelentes, frutos do mar crus são o lugar certo. Ceviche de vieira com lima, chalota e coentro, ou hamachi crudo com laranja, amêndoa de Marcona e rabanete, tem um sabor excepcionalmente fresco e brilhante.

Pizza: Pizzeria Regina

Desde 1926, a Regina Pizzeria, de propriedade familiar, serve tortas saborosas em North End e rsquos Little Italy. Agora administrada pela terceira geração da família Polcari, Regina tem postos avançados em Massachusetts. Felizmente, a pizza de forno de tijolos tem o mesmo gosto em cada local, embora jantar na pizzaria & ldquooriginal & rdquo, onde o tempo parece ter parado, seja uma experiência por si só. A torta é tão apreciada que o Boston Red Sox a nomeou a pizza oficial do time. Regina & rsquos afirma que seu segredo para o sucesso está em sua receita de crosta centenária, molho leve, mas picante e mussarela de leite integral envelhecido. Seja o que for, é muito difícil parar em apenas uma fatia. Os aficionados por pizza adoram que você possa pedir sua crosta de acordo com sua preferência, desde leve até bem passada, sem complicações.

Twist francês: Frenchie

Este pequeno bistrô aconchegante no South End é tão autenticamente francês quanto possível, com proprietários que cresceram na França e uma equipe que parece importada direto de Paris, com sotaques completos. Paredes de tijolo branco, piso de cerâmica e mármore dentro do & mdash, mais um pátio e um solário com luzes cintilantes & mdash criam uma atmosfera totalmente charmosa. A carta de vinhos apresenta uma quantidade generosa de vinhos a copo, a maioria deles franceses, e a ementa apresenta pratos como a tosta de alho escargot, que o fará esquecer que a tosta com abacate já existiu. Continue com mexilhões delicados em um caldo de vinho branco, coq au vin de coxinha perfeitamente cozida, foie gras sedoso e o clássico bife tártaro. Se você não sabia que estava em Boston, pode jurar que estava em um pequeno bistrô na Cidade das Luzes.

Sopa: Legumes Marinhos

Amêijoas, alho, porco salgado, cebola, farinha, caldo de amêijoa, caldo de peixe, batatas e creme light: nove ingredientes simples compõem um dos pratos mais icônicos da Nova Inglaterra e rsquos, oferecidos em um dos restaurantes mais conhecidos da Nova Inglaterra, Legal Sea Foods . O primeiro Legal & rsquos, como os locais o chamam, foi inaugurado em 1968, ao lado do mercado de peixes da família Berkowitz & rsquos (inaugurado em 1950). Ainda de gerência familiar, o Legal & rsquos agora tem restaurantes em toda a costa leste, mas sua sopa, que foi servida em quase todas as inaugurações presidenciais desde 1981, é provavelmente seu prato mais famoso. Rico e cremoso, repleto de amêijoas, é essencialmente a Nova Inglaterra em uma tigela.

Churrasco: Sweet Cheeks

Boston não é historicamente conhecida por seu churrasco, mas a concorrente do Top Chef, Tiffani Faison, fez grandes avanços quando abriu o Sweets Cheeks vários anos atrás. Com sede em Fenway, o restaurante é um lugar casual e barulhento para jantar, com costelas, frango e outros produtos fumegantes servidos em bandejas de metal forradas com papel manteiga. As bebidas chegam em potes de conserva. Biscoitos Faison & rsquos, acompanhados de manteiga de mel, inspiram seguidores quase cult, mas o churrasco ao estilo texano é a estrela aqui. Carne de porco desfiada da raça Heritage, costela de porco St. Louis e peito picado podem ser pedidos sozinhos ou em bandejas combinadas. Acompanhamentos clássicos, como queijo mac n & rsquo e couve, complementam as carnes. Tente economizar espaço para o excelente pudim de caramelo, se puder.

Grego: Comitê

Localizado no bairro de Seaport, o Committee é um lugar animado e divertido para desfrutar da comida tradicional grega, de preferência com alguns amigos. Sharing é o nome do jogo no restaurante Mediterranean, que ostenta um design moderno e elegante com mesas comunitárias e um bar envolvente. Comece com um trio de molhos ou a pasta de spanakopita, um prato de azeitonas e queijo feta com crosta de gergelim com mel grego, depois vá em espetadas de carne moída com especiarias, moussaka de alcachofra e costeletas de cordeiro grelhadas marinadas em azeite de oliva. O bar se diverte muito com o programa de coquetéis, criando drinks como o Great Scott !, uma mistura de bourbon lavado com manteiga marrom, centeio, Cynar, baunilha, soro fisiológico, crioulo e bitters de chocolate. Há também uma grande seleção de vinhos gregos em taça e garrafa.

Ícone: Marliave

O piso de cerâmica preto e branco, o teto de zinco e os coquetéis da era da Lei Seca no Marliave remetem a outra era, exatamente quando o restaurante histórico foi inaugurado. Henry Marliave, um imigrante francês de Paris, abriu seu restaurante homônimo no centro de Boston em 1885 e, embora tenha passado por altos e baixos ao longo dos anos, continua sendo um delicioso retrocesso para outra época. Agora pertencente e operado por Scott Herritt, que também é dono da vizinha Grotto, Marliave inclina a comida francesa, com escargot, sopa de cebola francesa e bife com fritas em um menu que também inclui ossobuco, costeletas de porco Berkshire e massas. Happy hour com ostras duas vezes ao dia, das 16h às 18h e novamente das 21h00 às 22h00, traz multidões após o trabalho e clientes da madrugada.

Oyster Bar: Island Creek Oyster Bar

Ostras de Island Creek aparecem nos cardápios de toda a cidade, em quase todos os lugares onde as ostras são vendidas, mas há algo especialmente satisfatório em saboreá-las em seu restaurante homônimo em Kenmore Square. A qualquer momento, há mais de uma dúzia de ostras em oferta, não apenas as variedades colhidas em Island Creek & rsquos Duxbury. Ostras de cima e para baixo da Nova Inglaterra, de Maine a Martha & rsquos Vineyard, bem como da Ilha do Príncipe Eduardo, geralmente estão disponíveis. Para quem quer mais do que ostras, todos os frutos do mar aqui são fantásticos. O crudo e o tártaro são sempre notáveis. A lagosta do Maine aparece no pão, na salada e na sopa e os pratos do dia destacam as capturas locais mais frescas. O atendimento aqui também é excelente, com todos conhecedores dos frutos do mar, inclusive o sommelier.

Ponto quente: Tequila Cocina de Guy Fieri

Guy Fieri abriu seu primeiro restaurante em Boston no final de 2019, adicionando Guy Fieri & rsquos Tequila Cocina a seu longo portfólio de restaurantes. Localizado no novo complexo Hub on Causeway próximo ao TD Garden, o menu de inspiração latina apresenta itens de marca apropriados, como Nachos de lata de lixo (servidos em uma lata que um servidor vira em um prato na sua frente), bem como seleções de pratos pequenos e grandes que variam de salsa e batatas fritas e tacos a pernil de porco assado e pargo inteiro crocante. Há também um enorme cardápio de tequilas e, se você puder se decidir, pode pedir um vôo para provar algumas. Beantown, conheça Flavortown!

Sports Bar: Banner’s Kitchen & Tap

Para fãs de esportes que podem & rsquot ganhar ingressos para o jogo de seu time & rsquos favorito, ou aqueles que preferem jantar confortavelmente enquanto torcem ou vaiam, Banner & rsquos Kitchen & amp Tap, que abriu no novo complexo Hub on Causeway próximo ao TD Garden, é mais do que satisfatório opção. O enorme espaço de 25.000 pés quadrados é basicamente projetado em torno do que & rsquos apregoou como a maior tela de TV LED da Costa Leste, medindo espantosos 12 metros. E se isso não bastasse, há também 13 telas e cinco banners com resultados e estatísticas ao vivo. E como assistir a um evento esportivo não fica completo sem comida saborosa, Banner & rsquos serve favoritos como nachos, hambúrgueres e fish and chips, além de alguns itens notáveis, como o bacon defumado de varal (barriga de porco, pimenta preta e esmalte de bordo) e um incrível aperitivo de couve-flor de búfala que pode fazer você esquecer as asas.

Conjunto de bairro: Brassica Kitchen + Café

Situado em uma fileira de empresas em frente à estação Forest Hills T em Jamaica Plain, este é exatamente o tipo de restaurante onde todos sabem seu nome e o que você bebe. Eles provavelmente também se lembram do que você comeu da última vez e tem algo que deveria experimentar desta vez. Os proprietários do chef Jeremy Kean e Philip Kruta, que deixaram sua marca como chefs pop-up no Wink & amp Nod em South End, podem manter as coisas casuais aqui, mas com comida e bebidas que são tudo menos. A d & eacutecor é aconchegante, com todos os balcões de madeira, tampos de mesa e estantes feitos pela Kruta com madeira reaproveitada de uma antiga casa de fazenda. Pratos como frango frito salgado com leitelho e hambúrguer de Brassica, com tomate verde defumado e molho secreto, elevam os padrões. Os coquetéis criativos também são excelentes aqui.

Coquetéis: Padrão Oriental

Coquetéis bem elaborados são uma marca registrada na Eastern Standard, onde os bartenders levam muito a sério seu comércio. Localizado na esquina do Fenway Park em Kenmore Square, o local popular e movimentado, que lembra uma grande brasserie europeia, tem sido um favorito do bairro desde sua inauguração em 2005. A área do bar gira em torno de um bar de mármore branco enorme, com bancos de couro vermelho e banquetas aconchegantes. Os sortudos o suficiente para conseguir um lugar no bar são tratados com um assento na primeira fila enquanto os bartenders preparam drinques para a enorme sala de jantar.

Italiano moderno: Sportello

Um dos restaurantes da poderosa chef Barbara Lynch & rsquos portfolio & mdash de Boston, que inclui No. 9 Park, B & ampG Oysters, Menton, Drink, Stir e The Butcher Shop & mdash, o casual e chique Sportello em Fort Point Channel é o que Lynch chama de uma trattoria italiana moderna. O restaurante evoca uma lanchonete, com um balcão em forma de U no meio oferecendo vista para a cozinha. No almoço, um menu com preço fixo de dois pratos é a melhor opção, com minestrone ou uma salada de chicória, seguido por tagliatelle à bolonhesa de assinatura da Lynch & rsquos ou massa de coelho refogada. No almoço e no jantar, todas as massas são feitas na própria casa e variam com as estações do ano, incluindo nhoque, pappardelle de alho preto e tortelloni. Ficam ainda melhores com um copo da carta de vinhos italianos.

Padaria Clássica: Pastelaria de Mike

Espere uma longa fila, não importa a hora do dia, nesta icônica padaria do North End, onde os cannoli saem voando às dezenas, e desde a inauguração da padaria e rsquos, em 1946. A clássica casca de pastelaria, recheada com queijo ricota, é embalada em uma caixa branca de assinatura amarrada com barbante, que emociona qualquer um que receba uma como presente. Os sabores do recheio de Cannoli variam desde simples (mas saboroso) até os mais exóticos Nutella e Limoncello. Outros pastéis deliciosos incluem biscotti, cookies e rabos de lagosta, uma versão americana do italiano sfogliatelle ricci, uma massa recheada com uma combinação de chantilly e pastéis.

Tarde da noite: Dumpling Palace

Uma cidade onde o metrô para de circular por volta das 2 da manhã, Boston não é conhecida por sua grande variedade de opções gastronômicas após a meia-noite. Felizmente, o Dumpling Palace vai ao encontro da tendência, servindo até as 3 da manhã. Localizado em Back Bay e irmão do popular Chinatown & rsquos Dumpling Caf & eacute, o Dumpling Palace leva seu nome a sério. Os bolinhos homônimos brilham aqui, incluindo deliciosos bolinhos de sopa, pequenas bolsas cheias de caldo e carne. Para agradar ao público, como panquecas de cebolinha e wontons fritos na frigideira, bem como uma variedade de pratos de macarrão e arroz, completam o extenso menu.

Supper Club: The Beehive

Poucos locais podem receber música ao vivo de alto nível todas as noites da semana, sem nenhum custo adicional, e também servem comidas e bebidas excelentes. Isso é o que torna The Beehive tão especial. Localizado no South End, no complexo do Boston Center for the Arts, este restaurante e clube artístico ocupa um amplo espaço de dois andares decorado com arte local que gira com frequência. O entretenimento ao vivo inclui jazz, blues, cabaré, burlesco, country, R & ampB e muito mais. O cardápio é eclético, com pratos como moussaka de cordeiro, pato au poivre e salmão grelhado na frigideira. Venha cedo para o jantar e depois relaxe para aproveitar o show. O brunch de jazz no fim de semana, que vai das 10h às 14h30, é muito popular.

Donuts: Blackbird Donuts

Blackbird Donuts ganhou um culto após praticamente o dia em que abriu suas portas no South End em 2015. Parte do Gallows Group, que também é dono dos restaurantes Gallows e Banyan Bar + Refuge, a padaria e criações feitas à mão rsquos incluem sabores sazonais como Salgado Toffee, Pumpkin Boston Cream Bismarck e Cherry Cobbler. Até a cantora Adele, ganhadora do Grammy, os ama: ela deu um aceno de cabeça ao Boston Cream Bismarck durante um show no TD Garden em 2016. Um novo posto avançado da loja de donuts abriu recentemente em 2017 em Fenway.

Itália via Veneza: SRV

SRV, que significa Serenissima Repubblica di Venezia, ou República Mais Serena de Veneza, transporta comensais para a Itália com pratos de massa feitos de farinha moída em casa e vários saborosos cicchetti, ou pequenas mordidas, incluindo almôndegas de porco e bovino, camarão polenta cravejada e bacalhau com pão preto e ervas. O risoto, seja ao sabor de cogumelo, peixe ou lagosta, é sempre excelente e vale os 25 minutos que leva para fazer. Localizado no South End, o acolhedor restaurante & mdash administrado pelos chefs Michael Lombardi e Kevin O & rsquoDonnell & mdash tem recebido elogios e prêmios desde a sua inauguração em 2016.

Rolinho de Lagosta Quente: Mare

A batalha pela supremacia do rolo de lagosta em Boston pode ser estressante para os donos de restaurantes, mas é um delicioso projeto de pesquisa para os comensais. As variáveis ​​incluem o tipo de pão, se a carne da lagosta está quente ou fria e se é servida com maionese ou não. Para os puristas, o Mare no North End oferece uma versão de primeira, feita com a carne de uma lagosta de um quilo e meio e nada mais, servida em um pãozinho fresco feito diariamente na padaria irmã Bricco Panetteria . Pegue um assento no pátio para excelentes vistas, fogueiras aconchegantes e uma taça de vinho para aumentar o prazer de seu rolo de lagosta.

Dive Bar: Bukowski Tavern

Este pequeno local, localizado no canto externo de um estacionamento em Back Bay no topo da Massachusetts Turnpike, atende a todos os requisitos de um bar clássico: It & rsquos somente em dinheiro, it & rsquos tem uma lista de cervejas exaustiva, oferece pratos como & ldquowhite trash & rdquo cheese dip, a música é alta e o pessoal pode ser amigável, ou não, conforme o capricho. Pode & rsquot escolher uma cerveja? Gire a roda da cerveja e viva com as consequências. Os frequentadores regulares podem se associar ao & ldquomug club & rdquo para ganhar sua própria caneca (que é então pendurada em um gancho no teto) bebendo seu caminho através da lista de cerveja dentro de seis meses.

Steakhouse: Grill 23

Por mais de 30 anos, o Grill 23 & amp Bar definiu o padrão do que uma churrascaria deve ser e, embora tenha as toalhas de mesa brancas necessárias, porções enormes e servidores vestidos com jaquetas formais, a carne é o que realmente importa. Ele vem de uma fazenda na Califórnia que cria vacas alimentadas por vegetarianos, sem hormônios e antibióticos, o que faz a diferença no sabor da carne. Frutos do mar e produtos, no entanto, são produzidos localmente. Uma refeição perfeita aqui pode ser um prato de ostras cruas, a tira de Nova York nobre envelhecida a seco de 14 onças, acompanhamentos de brócolis rabe gratinado e tater tots com óleo de trufas e, em seguida, o sublime bolo de coco para terminar.

Tacos e Tequila: Loco Taqueria

Este animado restaurante de South Boston sempre parece uma festa, com um bar gigante no meio de sua grande sala. Os menus de tequila e mezcal provavelmente também têm algo a ver com isso. Aqueles que podem se decidir por uma das dezenas e dezenas de opções podem ir para um dos voos, como o favorito do barman ou o Tour de Mexico. As bebidas mistas divertidas e inventivas incluem o Rainbow Dragon, um mai tai feito com tequila. Os tacos variam de um peixe frito ao estilo Baja um tanto tradicional, com jalapeño carbonizado, aioli de abacaxi, repolho em conserva e abacate, ao divertido General Tso & rsquos Taco, com esmalte doce e picante, arroz de abacaxi, gergelim e coentro. A barra de crus é excelente, com pratos lindos como o ceviche de ostras coberto com maracujá, manga, abacaxi, romã, habanero e frutas cítricas.

Francês: Deuxave

O Deuxave tem tudo o que você poderia desejar em um restaurante francês: um ambiente lindo, garçons bem informados e comida na hora. O chef-proprietário Chris Coombs abriu este restaurante francês contemporâneo em 2010 em Back Bay com grande aclamação e está tão bom como sempre. Comece com a sopa de cebola francesa de nove horas (a riqueza do caldo vale a preparação intensiva) e mergulhe no temperado peito de pato de Long Island com suco de mirtilo, bulgur refogado com águia e salada de couve. Permita que seu servidor sugira combinações de vinhos & mdash eles sabem do que estão falando aqui.

Brunch de estilo sulista: leitelho e bourbon

Se comida & mdash sulista incluindo beignets inchados, biscoitos de leitelho e frango frito e waffles & mdash é sua ideia de um brunch perfeito, então Buttermilk & amp Bourbon o aguarda. O mais recente empreendimento do Chef Jason Santos da Citrus & amp Salt e Back Bay Harry & rsquos, Buttermilk & amp Bourbon abraça firmemente a sensibilidade sulista com um toque criativo. Bananas Panquecas Foster, torradas com ovo fervido e toranja bruleed mudam os padrões do brunch. Combine a comida com uma jarra de furacões ou algo do bar DIY Bloody Mary e termine com uma mimosa soft-service (sorvete de melancia e uma porção de champanhe).


Giacomo’s Ristorante

Once upon a pre-pandemic time, lining up outside this North End landmark was a rite of passage for any Boston pasta lover who wanted to experience a cozy, comfortable setting for linguini with clams or calamari, lobster ravioli, and other seafood-leaning mains like the zuppa di pesce, a sized-for-two splay of shrimps, scallops, mussels and more over pasta. Nowadays you’ll probably find it a little easier to get inside, but there’s also takeout and delivery available if you’d rather wait until everything (including that famous queue) is back to normal.

Pammy’s in Cambridge has updated its dining room with stylish table dividers to enhance guest safety. / Photo by Pat Piasecki


Bolonhesa

Heartbreaks, pink slips, freezing temperatures—all these and more can be soothed by a plate of pasta with Bolognese sauce. We find the nonna-approved panacea at the spots below.

Pammy's

The Lumache pasta served at inventive Cambridge trattoria Pammy’s is a Bolognese dish that breaks the rules—and receives a pass from us. It starts with a snail-shaped pasta made on-site from hearty semolina flour and cooked to a toothsome, al dente texture. The Bolognese sauce that accompanies it gets a surprising jolt from gochujang paste, a spicy Korean ingredient that cuts the richness while adding an entirely new spectrum of flavor.

Sportello

For a plate of Tagliatelle Bolognese that’s just as indulgent as it should be, put your trust in Barbara Lynch’s Fort Point Italian restaurant. Sportello’s chefs add chicken liver to a sauce that already includes pork, veal, lamb, and cream for extra richness and an outstanding depth of flavor. It’s doused over silky tagliatelle, which is made fresh daily.

Fox & the Knife

If your expectations of Bolognese involve fat noodles swimming in red sauce, allow Fox & the Knife to subvert them. The house-made pasta in the Tagliatelle Bolognese is cut thin to balance out a hearty sauce made with pork, veal, wild boar, fresh thyme, and just a touch of tomato. Between the starchy noodles, crumbly meats, and freshly grated Parmigiano-Reggiano, this flavorful dish features layers of texture.

Rino's Place

East Boston favorite Rino’s Place serves red sauce Italian with a capital “R,” Bolognese included. The sauce used in their iteration simmers veal, pork, beef, diced onions, carrot s, and celery with fresh plum tomatoes. You can choose between nine house-made varieties of pasta, but we recommend the rigatoni for its sauce-soaking abilities.


We want to know: Who makes the best Italian sub in Boston?

The Italian sub at Centre Deli. Photo by Katherine Taylor for The Boston Globe
Links Relacionados

These 114 restaurants serve the best fried clams in Massachusetts, according to readers

What makes a perfect Italian sub?

Is it the softness of the bread? The ratio of salami to mortadella? The banana peppers? The anticipation you feel when your go-to sub guy hands over the gargantuan sandwich, wrapped in flimsy paper and slightly damp with olive oil?

There are variations on an Italian sub, but in its most basic form it features a long bread roll stuffed with a variety of cold cuts (salami, mortadella, capicola, ham), provolone cheese, a smattering of vegetables, olive oil or dressing, salt, and pepper.

Whatever your perfect Italian sub looks like, we want in. So tell us: Who makes the best Italian sub at sandwich shops and restaurants around Boston? Once we receive your recommendations, we’ll compile a guide to the best Italian subs in the city.


Where to Find the Best Italian Food in Boston - Recipes

UNTIL FURTHER NOTICE THE ONLY SPECIAL AVAILABLE MONDAY THROUGH FRIDAY WILL BE CHICKEN PARMIGIANA PANINO OR PASTA.

DUE TO SUPPLY ISSUES SOME REGULAR MENU ITEMS MAY NOT BE AVAILABLE.
PLEASE CONTACT US FOR ANY QUESTIONS YOU MAY HAVE.

Casa Razdora is one of Boston’s most authentic Italian Restaurants. Step into a convivial dining atmosphere where every visit feels like a repatriation. Order for pick-up and enjoy genuine Italian food.

At Casa Razdora, your comfort and satisfaction is assured with each meal freshly prepared and brought to your table, delivered, or served to go. Whether you’re a novice patron or a seasoned connoisseur, our menu offers a range of traditional Italian dishes fresh pasta, traditional-style pizzas, antipasti, deli-style sandwiches, beverages and desserts.

Our food tastes fresh because it’s made fresh. Everything on our menu from handmade pasta and sauces to antipasti, pizzas and
award-winning sandwiches are made from scratch. At Casa Razdora, our emphasis on traditional cooking techniques and authentic recipes assures a premiere dining experience every time you stop by.

Stop by for lunch and learn why we are known to have the Best sandwich in Boston. Order ahead and take home a classic Italian dinner.


The spots

Coppa

Coppa is close to being the perfect neighborhood Italian restaurant. In the summer, you can post up at a shaded sidewalk table on a quiet South End corner. And its menu of small plates and pizza changes enough to keep you on your toes. Unfortunately, it’s also really hard to get into, but it’s open for lunch and in the afternoons, so the next time you “work from home,” make your way here and have the wood-oven baked gemelli with a glass of red as you dial-in to a conference call you’re not going to pay attention to anyway.

Before you lie to a potential employer about your ability to multitask, remember this: you’re better off doing just a few things and being great at them than trying to do it all. SRV in the South End is an Italian restaurant that doesn’t bother with pizza or large protein entrees. It just focuses on pasta and small plates, and it does them all really, really well. There’s a great creamy polenta with fried shrimp, a clam risotto that isn’t too rich to finish, and a squid ink tagliatelle that’s balanced well with some sweet lobster. It’s all good and it’s served in a big comfortable space that has outdoor seating, light fixtures made of crystal decanters, and a wine bar.

Giulia

Giulia on the edge of Porter Square has a “pasta table” by the kitchen. You can book it for a big group and then eat a family-style pasta meal that the kitchen staff spent all day making by hand. But even if your dream isn’t to eat a meal at a table where you might need to spend the night wiping flour from your sleeves, you should get here anyway, because it’s the type of intimate spot that you’ll want to come to every time you’re in the mood for “a nice little Italian place.” You might have trouble deciding between all the different pasta options, but you can take solace in the fact that there are no bad choices here. Just know that you’ll have to make reservations at least a month in advance.

La Morra

La Morra in Brookline is down the street from a number of hospitals, so it’s not unusual to be intermittently serenaded by ambulances while you’re having a meal here. But that white noise will easily be drowned out by some outstanding food, including choices from a cicchetti menu, which is essentially Italian-style tapas. The fried anchovies wrapped in sage leaves and chicken and duck liver pate, in particular, are the perfect negroni companions - and their tagliatelle bolognese is one of the city’s best. If you end your night with a cheese platter, tiramisu, and a digestif, there’s always the hope that a nice ambulance driver could give you a ride home.

Desculpe, parece que você estragou aquele endereço de e-mail

Pammy's

One of the most underrated aspects of the Italian meal is the digestivo. There you are, looking around to see if anyone will notice you loosening your belt and feeling reluctant to head back to your place, when all of a sudden, another drink appears. And what a pretty glass it comes in. Pammy’s on the edge of Harvard Square has an extensive list of these digestifs, which is nice, because with a fireplace and a menu of things like taglierini with oxtail and mussels with squid ink arancini, you won’t want to leave any time soon.

Fat Hen

Fat Hen is usually a place you can walk into on any weeknight. You should take advantage of that, because the small spot out in East Somerville has a tiny but outstanding menu of small-plate pastas and interesting entrees like swordfish with beans, pickled ramps, and wild watercress (the last of which sounds like something you’d feed a horse, but is actually quite flavorful). The seasonal agnolotti is our go-to second course on the nightly $65 four-course prix-fixe meal here.

Having an opera-singing bartender isn’t one of our requirements for making this list, but it’s a pretty good start. The bartender at Mida on the South End/Roxbury border occasionally pauses from shaking a martini to sing a few bars of an aria that we’re not cultured enough to identify by ear. Thankfully, this place also has a strong menu of things like seared scallops with bone marrow and golden raisins, and it’s in a cool space where you’ll happily spend a few hours before going back to an apartment that is, sadly, entirely bereft of teardrop lamps, comfortable leather booths, and anyone who knows how to sing the overture to La Traviata.

Delfino

If you’re one of those people who looks at a map and pictures “here be dragons” written over any neighborhood the T doesn’t reach, then you’re missing out on one of the city’s best Italian restaurants in Roslindale Square. Delfino is a tiny spot that makes big plates of things like open-faced lobster ravioli and a veal saltimbocca that bleeds cheese like a wounded Frenchman. It’s crowded just about every night, but you can usually walk-in.

Prezza

Even though it’s so crowded, the North End is still plenty romantic thanks to its twisting streets, corner cafes, and the hourly reenactment of the make-out session Paul and Rachel Revere engaged in before he set off on his midnight ride. (OK, we may have made that last one up.) If you’re looking for a romantic North End night yourself, Prezza on Fleet Street is your best bet. It’s a white-tablecloth spot far from the tourists on Hanover, and with a menu of things like crispy shrimp with cherry pepper aioli and smoked ricotta ravioli with braised veal, you’ll be eating better than they do as well.

Bar Mezzana

If you’re the kind of person who likes foods with bread, then the flavorless bruschetta at most Italian restaurants is probably pretty depressing. Thankfully, you have a whole host of excellent crostini options at Bar Mezzana - the fig, gorgonzola, and salami one is particularly enjoyable. There’s also some great pasta, like the paccheri with lobster green onion and tomato, as well as a crudo list that’s longer than O irlandês.

Benedetto

Seeing as how Benedetto is in the Charles Hotel and likely serves every head-of-state, Nobel laureate, and TED-talking social media disrupter who visits Harvard, it’s not surprising that this Harvard Square spot feels pretty high-end. But the prices aren’t actually that unreasonable for a white tablecloth place that has caviar and black truffle on the menu. If you don’t want to wait for a special occasion to come here, you can always grab a seat at the bar with a barrel-aged cocktail and one of their excellent small plates, like the pecorino with almond panforte or the vitello tonnato with pickled alliums.

Sorellina

Sorellina in Back Bay is pricey. And with plush white chairs, glimmering surfaces, and lots of professional people drinking martinis, it also feels like a restaurant that the high-powered but unfulfilled career woman in a Hallmark movie would patronize (that is, just before she meets the hunky horse-trainer, moves out of the city, and spends long mornings casually brushing the coat of a horse named Honeysuckle). But if you don’t mind overhearing conversations about ETFs and mutual funds while you eat, it’s one of the better fine-dining Italian restaurants in the city. Save it for a special occasion and get the chestnut cavatelli with wild boar.


7. Nebo Cucina and Enoteca

With a traditional yet novel menu, Nebo Cucine and Enoteca is the brainchild of the Pallota sisters, who were inspired by the family recipes of their mother and grandmother. Carla, who also happens to be the restaurant's chef, and Christine actually grew up in Boston's North End, making the neighborhood the perfect choice for their restaurant. Capturing the true essence of dining in an Italian home, Nebo has a strong menu of traditional favorites. For example, the light and unbelievably creamy burrata makes a perfect starter alongside the smoky cozze (skillet-roasted mussels). Meanwhile, the golden Milanese or the popular zucchini lasagna are great options for a main course.

520 Atlantic Avenue, Boston, MA 02210, Phone: 617-723-6326

You are reading "25 Best Italian Restaurants in Boston, MA" Back to Top or More tourism, attractions for couples, food, things to see near me today

Top things to see near me, beaches, cruises, parks near me, underrated tourist attractions downtown, travel blog, attractions, places near me right now, things to do near me, vacations, resorts near me, family weekend breaks, mountains, open now, tonight, breakfast near me, affordable rental, kids activities near me, campgrounds near me: Weekend Getaways, OK, Small Town, AL, MI, FL, From Nashville, ND


"This is the definitive way to make gnocchi. I used to sit on my grandmother's lap while she taught me to roll the dough. The best way to ensure light gnocchi is to dry-cook the potatoes. Then either rice them or pass them through a food mill. Regular mashing leaves too many lumps, which make the dough difficult to roll."


Alfredo's Videos


  • AAlfredo's Through the Years

  • Alfredo Aiello's 'Heritage' Commercial

  • Alfredo Aiello's 'Fresh' Commercial

  • Alfredos Compilation

  • Alfredos Commercial

  • Alfredo Aiello - Patriot Ledger


Assista o vídeo: Fazendo Compras da Semana na França. Quanto Gastamos? (Junho 2022).


Comentários:

  1. Malashicage

    Entre nós, eu pediria ajuda ao moderador.

  2. Nudd

    Chega do meu bem

  3. Thomkins

    Notável e a alternativa?

  4. Kagalar

    Eu considero, que você não está certo. Eu posso provar. Escreva-me em PM, comunicaremos.

  5. Brazilkree

    Considero, que você está enganado. Vamos discutir. Escreva para mim em PM.



Escreve uma mensagem